Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Camané e António Chaínho no Festival Flamenco e Fado a partir de hoje em Badajoz

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/07/2017 Administrator

Camané e António Chainho representam Portugal no festival que une o fado e o flamenco, ambos Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, e que se realiza entre hoje e sábado, em Badajoz, Espanha.

O Festival Flamenco e Fado Badajoz, organizado pelo Consórcio López de Ayala, patrocinado pelo governo regional da Estremadura espanhola e pelo Ayuntamiento de Badajoz, tem lugar no Auditório Municipal Ricardo Carapeto, na cidade espanhola que faz fronteira com o concelho português de Elvas, no distrito de Portalegre.

Antigamente designado como BADASOM, o festival já leva dez anos de programação, e o "pontapé de saída" do evento é dado hoje à noite, pelo Ballet Nacional de Espanha, que apresenta as suas coreografias "Zaguán" e "Alento", dirigidas por Antonio Najarro.

A primeira, segundo a organização, é um ballet flamenco em que "jovens artistas do panorama atual" vão mostrar "o seu vocabulário, estilo e 'selo' pessoal".

Quanto à coreografia "Alento", é apresentada como "um reflexo vivo do estilo de Najarro enquanto criador, assim como da sua visão pessoal da dança clássica espanhola".

A segunda jornada do festival conta com uma dupla atuação, também à noite, com o flamenco e o fado a partilharem o palco.

"Mediterrâneas" é o tema da primeira parte do espetáculo, em que "duas potentes vozes, a da israelita Noa e a da espanhola Pasión Veja", vão "partilhar e unir os seus diferentes estilos e géneros", adiantou a organização.

O protagonista da segunda parte do espetáculo vai ser o fado, levado até Badajoz pelo mestre da guitarra portuguesa António Chaínho.

"Herdeiro de uma singular tradição, com mais de 50 anos de carreira", o músico português "interpreta as múltiplas emoções que saem da sua guitarra, conduzida pelo seu inigualável talento", segundo os organizadores.

O último dia do Festival de Flamenco e Fado, no sábado, vai ser preenchido com o espetáculo "Família Porrina", com vários artistas e músicos de flamenco, e um concerto pelo fadista Camané, "que se destaca por possuir uma especial sensibilidade musical e uma voz única na arte de cantar o fado".

Em edições anteriores, passaram pelo certame artistas portugueses como Carminho, Cuca Roseta, Dulce Pontes, António Zambujo, Carlos do Carmo, Cristina Branco, Mariza, Paulo de Carvalho, Gisela João e Sara Tavares, entre outros.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon