Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Camilo Pessanha no Ano do Galo", uma instalação itinerante para divulgar o poeta em Macau

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/09/2017 Administrator

"Camilo Pessanha no Ano do Galo" titula a instalação de arte pública itinerante que o macaense Carlos Marreiros prepara para "chamar a atenção" para o expoente máximo do simbolismo português, que viveu e morreu em Macau.

A instalação de arte, ainda sem data para inaugurar, surge na sequência das comemorações dos 150 anos do nascimento de Camilo Pessanha, uma iniciativa lançada pelo diretor do jornal Hoje Macau, Carlos Morais José, cujo programa, que inclui exposições de pintura e de fotografia, conferências e lançamento de livros, arrancou no dia 01 e termina na quinta-feira.

A instalação, que vai ser itinerante, intitula-se "Camilo Pessanha no Ano do Galo", porque "os 150 anos do nascimento coincidem com o Ano do Galo", iniciado em 28 de janeiro, sob o signo daquele que figura como um dos doze animais do milenar zodíaco chinês.

A "peça geométrica a sugestionar um galo" é "bastante abstrata" e nela vão estar integradas "ampliações de desenhos" da sua autoria e "também textos originais de Carlos Morais José e de Yao Jingming", que verteu para chinês Camilo Pessanha, entre outros nomes da literatura portuguesa, de acordo com o artista plástico.

Marreiros, autor nomeadamente das ilustrações de uma edição especial, em dez volumes com caixa, d'"A Peregrinação", de Fernão Mendes Pinto, pretende com a instalação "chamar a atenção do público em geral sobre a importância de um poeta que tem tudo a ver com Macau".

"Foi Macau que [Camilo Pessanha] escolheu para se refugiar do seu amor sofrido, por causa da paixão por Ana de Castro Osório. Foi aqui que foi professor, juiz substituto, escritor, intelectual, interveniente e uma figura bastante excêntrica", elencou o também arquiteto.

Com a "preocupação" sempre presente de "comunicar com os chineses e com as outras etnias que vivem em Macau", Carlos Marreiros pretende então levar Camilo Pessanha mais além, porque "há coisas bonitas feitas pela comunidade portuguesa, mas que ficam só entre nós".

"Toda a minha vida fiz a ponte, e o Carlos Morais José gostou muito da ideia também", afirmou ainda, explicando que a peça vai ser itinerante, correndo três pontos de Macau, e que, em torno dela, falar-se-á de Camilo Pessanha em chinês.

A instalação vai ser colocada em primeiro lugar na praça do Leal Senado, no coração da cidade, seguindo depois para o Jardim Triangular da Areia Preta, "uma das zonas mais populosas de Macau e de camadas economicamente mais débeis", porque o objetivo passa "precisamente [por] levar a cultura ao povo".

A peça estará exposta em ambos os espaços públicos por "alguns dias" e, à sua volta, vai haver "algumas dramatizações, algumas récitas simples e a distribuição de exemplares da 'Clepsydra' em língua chinesa".

"É com isso que se consegue uma interatividade com o público e que o nome dele chegue mais longe", realçou.

Carlos Marreiros deu o exemplo de Luís Vaz de Camões: "Os velhos habitantes da zona [do Jardim Luís de Camões] sabem a história: 'Era um senhor que era visto, barbudo e ia poetar no ninho das pombas'".

O macaense referia-se ao facto de o Jardim Luís de Camões ser ainda conhecido em chinês por "ninho das pombas brancas".

"Esse tipo de legado é importante e Camilo Pessanha era bom demais para o seu tempo, incompreendido no seu tempo", pelo que "a população chinesa deve rever-se numa figura que, aliás, é tão próxima", sublinhou.

Depois do Senado e do Jardim Triangular da Areia Preta, a instalação segue para o Albergue SCM, uma organização cultural sediada no histórico bairro de S. Lázaro, presidida por Carlos Marreiros, onde ficará patente "por algum tempo".

Considerado o expoente máximo do simbolismo em língua portuguesa, Camilo Pessanha nasceu em Coimbra, em 07 de setembro de 1867, e morreu em Macau, em 01 de março de 1926, onde vivia desde 1894.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon