Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Campanha para prevenir sonolência ao volante que causa um quinto dos acidentes

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/08/2017 Administrator

A sonolência ao volante está na origem de um quinto dos acidentes de viação, razão que levou a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e outras organizações a lançarem uma campanha de alerta para este perigo.

"Não conduza de olhos fechados" é o tema desta campanha que visa alertar para os sinais de sonolência ao volante e reforçar o ensino de medidas de boa higiene do sono para uma viagem sem percalços, segundo um comunicado da SPP.

"Em época de verão, de viagens mais longas rumo às férias e de regresso de tantos emigrantes ao nosso país, consideramos fundamental recordar a importância de um sono reparador antes de viajar", afirmou a representante da Comissão de Trabalho de Patologia Respiratória do Sono da SPP, Susana Sousa.

Para esta comissão, "tão importante como alertar para o perigo da condução sob efeito do álcool, de não cumprir as velocidades recomendadas ou de usar o telemóvel durante a condução, é chamar a atenção para o perigo da sonolência ao volante".

Um estudo recente que contou com a participação de 19 países, incluindo Portugal, concluiu que 23% dos participantes já tinham adormecido ao volante pelo menos uma vez nos últimos dois anos e 8% referiram ter tido um risco de acidente de viação como consequência de terem adormecido.

Este estudo revelou ainda que 20% dos acidentes de viação estão relacionados com sonolência ao volante e que os homens têm quase o dobro do risco de adormecer ao volante do que as mulheres.

As pessoas que conduzem maiores distâncias apresentaram maior risco de adormecer ao volante, segundo o mesmo estudo, citado pela SPP.

Entre as medidas que a SPP recomenda para a prevenção da sonolência consta um sono regular de sete a nove horas, não conduzir em caso de sonolência, parar o carro e dormir uma sesta de 15 a 20 minutos em caso de sono durante a condução.

Além da SPP, participam nesta campanha a Guarda Nacional Republicana e a Prevenção Rodoviária.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon