Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Campeão da NBA condenado a trabalho comunitário por ter agredido uma mulher

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/06/2017 Ana Proença
May 20 2017 San Antonio TX USA San Antonio Spurs shooting guard Jonathon Simmons (17) dribbles the ball as Golden State Warriors small forward Matt Barnes (22) defends during the first half in game three of the Western conference finals of the NBA Playoffs at ATT Center. Mandatory Credit Soobum Im-USA TODAY Sports © Soobum Im-USA TODAY Sports May 20 2017 San Antonio TX USA San Antonio Spurs shooting guard Jonathon Simmons (17) dribbles the ball as Golden State Warriors small forward Matt Barnes (22) defends during the first half in game three of the Western conference finals of the NBA Playoffs at ATT Center. Mandatory Credit Soobum Im-USA TODAY Sports

Segundo o porta-voz do ministério público de Manhatten, Matt Barnes, que se assumiu culpado, poderá efetuar o trabalho comunitário na área da sua residência, na Califórnia.

O extremo Matt Barnes, que recentemente se sagrou campeão da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA) com a camisola dos Golden State Warriors, foi condenado na terça-feira a dez dias de trabalho comunitário, por distúrbios numa discoteca.

O jogador dos Warriors foi acusado de agredir uma mulher, com quem estava numa discoteca em Chelsea, no estado de Nova Iorque, a 4 de dezembro.

Um outro casal presente na discoteca também acusou Barnes de agressão, bem como o também basquetebolista DeMarcus Cousins, na altura seu colega nos Sacramento Kings.

Pouco depois, os dois jogadores deixaram os Kings. Barnes ingressou nos Warriors, por quem se sagrou campeão pela primeira vez na sua carreira, e Cousins nos New Orleans Pelicans.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon