Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Campeão mundial Marc Márquez isola-se na liderança do MotoGP

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/09/2017 Ana Proença

O piloto espanhol Marc Márquez (Honda) obteve este domingo a quinta vitória da época na categoria de MotoGP, ao ganhar no Grande Prémio de Aragão, e isolou-se na liderança do Mundial de motociclismo após 14 provas.

Marquéz, campeão mundial em título, dividia a liderança com Andrea Dovizioso (Ducati), mas o sétimo lugar do italiano hoje no circuito MotorLand, em Alcañiz, Espanha, em Aragão, que lhe deu apenas nove pontos, deixou o espanhol sem companhia no comando.

"Foi uma corrida muito dura e o calor tornou-a ainda mais complicada. Não tive boas sensações, possivelmente devido ao pneu da frente, mas consegui aumentar a minha liderança [no Mundial]", referiu o campeão mundial, que soma agora 224 pontos, contra 208 de Dovizioso.

Também o piloto espanhol Maverick Viñales (Yamaha), terceiro no Mundial, cedeu terreno para o seu compatriota Márquez, ao terminar a corrida na quarta posição, atrás de outros dois espanhóis, Dani Pedrosa (Honda) e Jorge Lorenzo (Ducati), e ficou agora a 28 pontos da liderança.

No dia de hoje, a atenção virava-se muito para o italiano Valentino Rossi (Yamaha), que entrou na pista três semanas depois de ter sofrido fraturas na tíbia e perónio da perna direita, quando treinava com uma moto de enduro.

Chegou a pensar-se que 'Il Dottore', sete vezes campeão mundial, perderia o resto da temporada, mas o italiano, de 38 anos, não só correu, como marcou algumas voltas rápidas, terminando em quinto lugar.

© EPA/JAVIER CEBOLLADA

O transalpino ainda rodou na segunda posição, mas não resistiu às sucessivas investidas dos seus adversários e acabou por perder o quarto lugar do campeonato para Pedrosa

O Mundial ainda tem quatro corridas em 'agenda', os grandes prémios de Japão, Austrália, Malásia e Comunidade Valenciana.

Em Moto 2, O português Miguel Oliveira (KTM) foi terceiro classificado e ascendeu a terceiro no Mundial da categoria intermédia, numa prova ganha pelo italiano Franco Morbidelli (Kalex), que consolidou a liderança.

Na categoria de menor cilindrada, de Moto 3, o triunfo foi para o líder do Mundial, o espanhol Joan Mir (Honda), que também conseguiu reforçar a sua posição, tendo em conta o italiano Romano Fenati, segundo no Mundial, foi décima na corrida.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon