Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Canadiana Hudson's Bay Company retira placa evocativa de Jefferson Davis

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/08/2017 Administrator

A empresa canadiana Hudson's Bay Company retirou hoje, da sua loja em Montreal, uma placa evocativa de Jefferson Davis, presidente da Conferação durante a Guerra Civil nos Estados Unidos (1861-1865)

A remoção hoje da placa, naquela que é a principal loja da empresa, ocorreu após as manifestações violentas por neonazis e supremacistas brancos, na semana passada, na cidade norte-americana de Charlottesville, no Estado de Virginia, em protesto contra o derrube de uma estátua comemorativa de um dos militares da Confederação.

As manifestações terminaram no último sábado com um ataque neonazista, no qual uma mulher morreu.

Após os acontecimentos em Charlottesville, a Hudson Bay Company começou a receber queixas da placa instalada na sua loja em Montreal, a maior cidade da província do Quebeque e a segundo mais populosa do Canadá, noticou a agência Efe.

Na placa, hoje retirada, lia-se: "Em memória de Jefferson Davis, presidente da Confederação em 1867, que viveu na casa de John Lovell, que no passado estava aqui"

A placa foi colocada em 1957 pela Organização das Filhas Unidas da Confederação, uma organização de mulheres norte-americanas, que defende o legado da Confederação.

Davis foi presidente da Confederação entre 1861 e 1865, e após a derrota dos confederados, foi julgado e preso.

Após a sua libertação, Jefferson Davis veio para o Canadá até que, em 1869, decidiu regressar aos Estados Unidos, onde morreu em 1889.

A Hudson Bay Company é considerada uma das empresas mais antigas do mundo, a sua origem remonta a 1670, quando foi fundada em Londres, para o comércio de peles entre a América do Norte e a Europa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon