Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Capitães de equipas holandesas contra relvados sintéticos no campeonato

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/05/2017 Ana Proença
© Global Imagens

Os capitães de 12 equipas do campeonato holandês de futebol solicitaram à Federação e à Liga que proíbam os jogos em relvados sintéticos, num protesto encabeçado por Dirk Kuyt (Feyenoord) e Davy Klaassen (Ajax).

"Tenho a certeza que, devido a estes relvados artificiais, o futebol holandês ficará para trás", disse Kuyt, de 36 anos, campeão pelo Feyenoord e que anunciou esta semana o final da carreira.

O capitão da equipa de Roterdão apontou a "consequências técnicas e táticas" com a autorização a seis das 18 equipas da I Liga de poderem competir com relvados sintéticos.

Os jogadores justificam que este tipo de campo induz a mais lesões nas articulações dos futebolistas e requer também mais tempo de recuperação entre um jogo disputado num relvado e num sintético.

Klaassen, que estará com o Ajax na final da Liga Europa diante do Manchester United, explicou que "não é possível tirar prazer em jogar futebol" neste tipo de superfícies.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon