Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Carlos Queiroz: "Benfica defende as suas ideias com bravura"

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/02/2017 Rui Trombinhas

Antigo selecionador nacional referiu, em entrevista, que clube da Luz é difícil de enfrentar

© Fornecido por O jogo

O Benfica, tricampeão nacional e atual líder da I Liga atravessa um ciclo positivo e, para Carlos Queiroz, isso é resultado de uma estratégia. "Teve o seu ciclo, passou uma fase negativa, mas encontrou o carril, defende as suas ideias com bravura e não está a olhar para o lado nem para os outros. E os resultados, nos últimos anos, estão à vista, com a recuperação da hegemonia. Ninguém consegue estar sempre lá [em cima], mas também não é natural estar sempre em baixo".

"Quando um clube tem uma ideia própria e bravura para a defender fica difícil competir contra ele, a não ser que haja grandes alterações a nível da capacidade financeira. É o caso, neste momento, do Benfica", disse Carlos Queiroz quando questionado se prevê um ciclo hegemónico longo dos 'encarnados' no futebol nacional.

O atual selecionador do Irão acrescenta uma 'nuance': "Alguns benfiquistas, se calhar, não vão gostar do que vou dizer, mas o Benfica beneficia muito no país de uma situação conjuntural, por ser mais cómodo e mais politicamente certo ser do Benfica do que de outro clube. Mas, se beneficia dessa conjuntura cultural e social e por representar para o país o que é, isso nada tem a ver com a firmeza e determinação daqueles que competem".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon