Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Carrazeda de Ansiães com falta de mão-de-obra para apanha da maçã e vindima

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/08/2017 Administrator

O presidente da Câmara de Carrazeda de Ansiães lançou hoje um apelo a quem "quiser ganhar dinheiro durante alguns meses" para procurar trabalho na apanha da maçã e na vindima no concelho, atualmente com falta de mão-de-obra.

"Nós temos muita falta de mão-de-obra para a vindima e para a apanha da maçã", vincou, em declarações à Lusa o autarca José Luís Correia que, nos últimos anos, tem reiterado este apelo, num concelho onde a agricultura dá trabalho todo o ano, mas falta população em idade ativa.

A falta de mão-de-obra obriga os produtores a recorrerem a imigrantes ou à prestação de serviços, "só que este ano há muita maçã" e a alternativa revela-se insuficiente, pelo que o presidente da câmara repete: "se alguém está desempregado e quiser ganhar dinheiro durante alguns meses, pode vir a Carrazeda".

Este concelho ribeirinho do Douro é, segundo o autarca, daqueles que no distrito de Bragança "mais mão-de-obra ocupa durante o ano", mas como todos os outros concelhos do interior tem uma população envelhecida e "muito pouco pessoal na vida ativa".

O presidente da câmara garantiu à Lusa que os apelos que tem feito nos últimos anos têm surtido efeito e que chegou a receber "e-mails de pessoas, até do litoral, a perguntarem o que tinham que fazer".

O município reencaminha para quem precisa da mão-de-obra e pede aos interessados que se dirijam diretamente aos produtores ou organizações de produtores que existem no concelho.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon