Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Casa Branca apoia lei para ampliar sanções à Rússia, diz porta-voz

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/07/2017 Administrator

O presidente norte-americano, Donald Trump, apoia um projeto anunciado no sábado pelo Congresso para aumentar as sanções à Rússia devido em parte à alegada ingerência nas eleições norte-americanas, disse hoje a porta-voz da Casa Branca.

"Apoiamos o projeto de lei tal como está agora", afirmou Sarah Sanders, numa entrevista à cadeia de televisão ABS News.

A Casa Branca tinha-se oposto a uma versão anterior do mesmo projeto devido sobretudo ao plano que limitava a capacidade de Trump para levantar as sanções à Rússia.

O atual projeto, que inclui também novas sanções para a Coreia do Norte e Irão, mantém esse limite. Se Trump quiser suspender as restrições ou fazer mudanças "significativas" em relação à Rússia, deve informar o Congresso e este tem 30 dias para decidir se permite.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, advertiu no mês passado que aumentar as sanções a Moscovo complicaria o seu esforço para mudar as relações com a Rússia e instou os legisladores a dar "flexibilidade" a Trump para desenvolver a política externa.

Mas, agora, a porta-voz afirmou que a administração Trump "apoia medidas duras para a Rússia, em particular a imposição destas sanções".

"A legislação original estava mal concebida, mas temos podido trabalhar com a Câmara dos Representantes e com o Senado e a administração está satisfeita por ter feito as mudanças que eram necessárias", disse Sanders.

O novo texto, que será votado na terça-feira na câmara baixa e pouco depois no Senado, impõe sanções à Rússia pela sua interferência nas presidenciais de 2016, pela atividade militar no leste da Ucrânia e pela anexação da península da Crimeia em 2014.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon