Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Catalunha: Governo regional cancela declaração do presidente prevista para hoje

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/10/2017 Administrator

O governo catalão cancelou a declaração pública do presidente, Carles Puigemont, que foi anunciada para as 13:30 locais e depois adiada uma hora, anunciou um porta-voz do executivo.

"A declaração está suspensa", disse o porta-voz, sem adiantar qualquer explicação sobre esta alteração.

Na sua declaração, Puigdemont iria anunciar a convocação de eleições antecipadas, haviam indicado fontes do Governo catalão.

Carles Puigdemont deverá comparecer esta tarde perante o Parlament (parlamento regional), na reunião marcada para as 17:00 locais (menos uma hora em Lisboa), na qual está previsto que faça uma declaração.

A notícia de que o executivo regional iria convocar eleições antecipadas motivou protestos nas ruas, com várias centenas de manifestantes a concentrarem-se em frente ao Palau da Generalitat, onde o presidente do governo regional iria fazer a declaração.

"Votámos, aplica o resultado" e "Governo traidor, nem esquecimento nem perdão", ouviu-se nas ruas.

Também os partidos independentistas contestaram a eventual convocação de eleições antecipadas: deputados da CUP (extrema-esquerda independentista) consideraram que isso seria "uma deslealdade" e pelo menos dois eleitos do Partido Democrático Europeu Catalão (PDeCAT) -- partido de Puigdemont e que integra a Junts pel Sí (JxSí), coligação que apoia o governo catalão no parlamento -- anunciaram a demissão do partido.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon