Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Catalunha: Presidente grego considera "perigosos" os movimentos independentistas

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/10/2017 Administrator

O Presidente da Grécia, Prokopis Pavlópulos, afirmou hoje que os movimentos autónomos contemporâneos, como o da Catalunha onde se realizou no domingo um "referendo ilegal", são "perigosos" e afetam a coesão de toda a União Europeia (UE).

Para Pavlópulos, as cidades, como Barcelona, devem contrariar as tensões provocadas por "movimentos autónomos com características de nacionalismo perigoso" e ainda "anular os objetivos extremistas dos independentistas".

O Presidente grego, que discursou numa conferência internacional em Atenas sobre políticas progressistas para as cidades, sublinhou que o referendo de independência da Catalunha foi "ilegal" e, consequentemente, "de facto inexistente".

Já o porta-voz do governo grego, Dimitris Tsanakópulos, afirmou que para o executivo não há dúvida de que qualquer solução deve direcionar-se de acordo com o respeito ao Estado de direito e não pode implicar mudanças nas fronteiras.

Tsanakópulos considerou que os "tristes" acontecimentos violentos do fim-de-semana alimentam "tentações" separatistas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon