Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Catalunha: Referendo levou à transferência de mais de 800 empresas

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/10/2017 Administrator

O referendo sobre a independência da Catalunha já levou a que 805 empresas transferissem a sua sede para fora da região, de acordo com os dados do Colégio de Registradores de Espanha, responsável pelo registo de empresas.

Conforme indica a entidade, só na passada terça-feira 105 empresas mudaram a sede da Catalunha, das quais, 78 para Barcelona, 23 para Lérida, três para Terragona e uma para Gerona.

Entre os dias 02 e 09 de outubro, 219 empresas abandonaram a região, a que se somaram 177 no dia 10, 155 no dia 11, 81 no dia 13 e 60 entidades no dia 16.

No total, 708 empresas moveram a sede para Barcelona, 48 para Lérida, 36 para Terragona e 13 para Gerona.

A Catalunha atravessa uma crise política sem precedentes devido aos resultados do referendo de autodeterminação de dia 01 deste mês, proibida pela justiça espanhola.

O Governo central, dirigido pelo conservador Mariano Rajoy, opõe-se às intenções dos separatistas, que ameaçam declarar a independência com base nos resultados do referendo (90% de "sim" e 43% de taxa de participação, segundo a organização), apesar da profunda divisão na sociedade catalã.

Na segunda-feira à noite, um juiz de instrução decidiu pôr sob prisão domiciliária Jordi Cuixart e Jordi Sanchez, que lideram as duas principais associações independentistas da Catalunha, respetivamente a Omnium Cultural e a Assembleia Nacional Catalã (ANC).

As detenções surgiram após Madrid ter avançado com um novo prazo ao líder dos separatistas, Carles Puigdemont, que termina na quinta-feira de manhã, para que renuncie a declarar a independência da região.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon