Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Censo populacional já contabilizou seis milhões de pessoas em Moçambique - INE

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/08/2017 Administrator

Mais de seis milhões de pessoas foram recenseadas nos primeiros oito dias do IV Recenseamento Geral da População e Habitação em Moçambique, iniciado em 01 de agosto, anunciou na terça-feira o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

Em declarações ao diário Notícias, o porta-voz do INE, Cirilo Tembe, afirmou que as autoridades nacionais apenas receberam 30 por cento da informação das 1.717 brigadas de recenseamento distribuídas por todo o país.

Nesse sentido, disse Cirilo Tembe, o número de habitantes formalmente contabilizado é inferior à cifra de pessoas que, de facto, já foram recenseadas.

"No início, tivemos alguma insuficiência de material informático para garantir o envio da informação. Até ao dia 01 de agosto, data do início do recenseamento, este material ainda não tinha chegado a todos os Órgãos Executivos de Recenseamento, mas já se encontrava disponível nos distritos", declarou o porta-voz do INE.

Para garantir uma rápida coleta dos dados do censo, o INE montou um sistema eletrónico de controlo operacional, que assegura o contacto permanente com as províncias, postos administrativos e todas as unidades do censo.

O INE prevê registar, de 01 a 15 de agosto, 27 milhões de habitantes, no âmbito do IV Recenseamento Geral da População e Habitação.

"Em 2007, o censo apurou que éramos 20,8 milhões [de habitantes] e em 2017, de acordo com as nossas projeções, a população do país está estimada em cerca de 27,1 milhões", um crescimento de 30%, disse Cirilo Tembe, numa entrevista à Lusa, em julho.

O custo do IV Recenseamento Geral da População e Habitação está estimado em 75 milhões de dólares (66,5 milhões de euros), dos quais 45 milhões de dólares (39,9 milhões de euros) serão despendidos durante o censo, afirmou Cirilo Tembe.

O primeiro Recenseamento Geral da População em Moçambique foi realizado em 1980, cinco anos após a independência, seguindo-se os de 1987, 1997 e 2007, com um intervalo de dez anos entre cada um, como recomendam as práticas internacionais sobre censos populacionais.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon