Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Champions em jogo na Premier League: City firme, Arsenal não desarma

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/05/2017 Hugo Monteiro
© Stefan Wermuth/Reuters

Manchester City deu mais um passo para terminar o campeonato inglês de futebol nos lugares de acesso à Liga dos Campeões. Arsenal continua na luta.

O Manchester City deu mais um passo para terminar o campeonato inglês de futebol nos lugares de acesso à Liga dos Campeões, ao vencer por 2-1 na receção ao Leicester, num encontro marcado por uma grande penalidade invalidada.

O Leicester poderia ter empatado o jogo da 37.ª jornada da Liga inglesa aos 77 minutos, mas Riyad Mahrez, na conversão do castigo máximo, escorregou na altura do remate e acertou contra o próprio pé de apoio. A bola entrou na baliza, mas o árbitro invalidou de imediato o lance.

O City foi poupado a um dissabor, depois de te chegado a uma vantagem de dois golos, marcados por David Silva, aos 29 minutos, e Gabriel Jesus, que não escorregou na altura de converter uma grande penalidade, aos 36.

O Leicester, 11.º classificado, reduziu ainda antes do intervalo, aos 42 minutos, por Shinji Okazaki, mas não impediu o triunfo dos anfitriões, que ultrapassaram o Liverpool no terceiro lugar da competição, tendo ambos 36 jogos disputados, tal como o Arsenal.

Os gunners venceram por 4-1 no terreno do Stoke City, com o avançado Olivier Giroud em destaque, a abrir e a fechar a contagem, distanciando-se no quinto lugar e ficando a apenas um ponto do Liverpool e a três do City, todos muito longe do Chelsea, virtual campeão.

O Swansea dificultou ainda mais a vida ao Hull City, treinado pelo português Marco Silva, ao vencer por 2-0 no estádio do lanterna-vermelha e há muito despromovido Sunderland, com golos de Fernando Llorente, aos nove minutos, e Kyle Naughton, aos 45+2.

O Hull continua a ser a primeira equipa na zona de despromoção, em 18.º lugar, a quatro pontos de distância do Swansea -- agora com mais um jogo realizado - e o Crystal Palace, que a equipa orientada por Marco Silva vai defrontar no domingo.

O Southampton venceu por 2-1 no estádio do Middlesbrough, aproveitando as debilidades do penúltimo colocado e já despromovido ao escalão secundário, enquanto o Bournemouth subiu ao 10.º posto, ao impor-se pela mesma margem (2-1) na receção ao Burnley.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon