Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Chaves "invadida" pelos romanos durante a "Festa dos Povos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/08/2017 Administrator

Chaves vai ser "invadida" pelos romanos, entre 18 e 20 de agosto, numa viagem por dois mil anos de história que pretende promover a cidade, a gastronomia, o património e atrair visitantes.

A Câmara de Chaves, no distrito de Vila Real, anunciou hoje que, durante três dias, a "Aquae Flaviae" vai viajar até ao império de Tito Flávio Vespasiano através da quinta edição da "Festa dos Povos".

Em comunicado, o município referiu que se trata de "uma iniciativa que pretende valorizar a matriz local, cultural e social, através da preservação de valores e da constante afirmação da identidade da memória coletiva".

A "Festa dos Povos" inclui recriações históricas, o mercado galaico romano, espetáculos e cortejos, envolvendo à volta de 100 expositores (artesãos, artífices e mercadores) e centenas de figurantes.

As alamedas de Trajano e do Tabolado e as ruas circundantes serão o palco para a realização do evento, onde se irão misturar artesãos, gladiadores, senadores, músicos, bailarinos, mendigos, escravos, falcoeiros, personagens mitológicas e divindades.

Do programa também faz parte a terceira edição dos jogos de "Aquae Flaviae", que conta com o envolvimento das juntas de freguesia, ainda simulações bélicas entre galaicos e romanos, recriações mitológicas, interpretações musicais e bailados, "circus maximus" (luta entre gladiadores e jogo com varapaus) e vários cortejos diurnos e noturnos pelas principais artérias da cidade.

Decorrerá ainda um jantar galaico-romano sobre a ponte romana de Trajano.

O certame inclui 30 espetáculos de animação e quatro acampamentos (acampamento galaico, dos soldados pretorianos (guarda de honra do imperador), da Legião VII Gemina Felix e um acampamento com jaulas onde estão encarcerados os gladiadores), bem como diversas atividades para os mais novos num acampamento infantil.

Segundo a organização, a "Festa dos Povos" atraiu "mais de 65 mil visitantes" no ano passado.

As legiões romanas chegaram ao território há cerca de dois milénios. Fixaram-se onde hoje é a cidade e distribuíram pequenas fortificações, edificaram a primeira muralha que envolveu o aglomerado populacional, construíram a ponte de Trajano, tiraram proveito das águas minerais, implantaram balneários termais, exploraram filões auríferos e outros recursos.

Este núcleo urbano adquiriu tanta importância, nessa época, que foi elevado à categoria de município, quando no ano 79 dominava Vespasiano, primeiro César da Família Flavia. Será esta a origem de Aquae Flaviae, designação antiga da atual cidade de Chaves.

A Festa dos Povos - Mercado Galaico-Romano é organizada pelo município de Chaves e pela empresa Empreendimentos Hidroelétricos do Alto Tâmega e Barroso.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon