Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

China adverte Japão por sanções a empresas chinesas

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/08/2017 Administrator

A China criticou hoje o Japão por impor sanções económicas a empresas chinesas que mantêm vínculos com a Coreia do Norte e ameaçou com consequências, caso Tóquio não reverta aquela decisão.

O Governo japonês anunciou hoje a congelação de ativos de quatro empresas chinesas e duas da Namíbia, e um cidadão chinês e outro norte-coreano.

"Apelamos ao Japão para que reverta a decisão", afirmou em conferência de imprensa Hua Chunying, porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, advertindo que Tóquio vai sofrer consequências, caso persista com as sanções.

Hua disse que Pequim mostrou ao Governo japonês o seu "descontentamento e firme oposição a estas medidas", já que a China "sempre cumpriu na totalidade com as sanções impostas pela ONU à Coreia do Norte".

As medidas adotadas pelo Japão surgem depois de também os Estados Unidos terem imposto sanções contra empresas e indivíduos da China e Rússia, também por alegada colaboração com o regime de Kim Jong-un.

A China é responsável por 90% do comércio externo da Coreia do Norte.

Pyongyang enfrenta uma crescente pressão internacional, devido à sua insistência em desenvolver um programa nuclear e de mísseis balísticos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon