Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

China tem plano de paz para conflito israelo-palestiniano

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/08/2017 Administrator

O embaixador chinês na Organização das Nações Unidas (ONU) apelou à comunidade internacional para que apoie o plano do seu Presidente, Xi Jinping, para acabar com o conflito israelo-palestiniano e estabelecer um Estado palestiniano independente.

O embaixador Liu Jieyi afirmou, na segunda-feira, durante uma conferência de imprensa, que os futuros esforços diplomáticos da China iriam focar-se em procurar uma solução, negociada e duradoura, para aquele conflito, assente um quatro pontos.

Xi Jinping sinalizou o aumento do envolvimento chinês no Médio Oriente quando se reuniu recentemente, em Pequim, com o seu homólogo palestiniano, Mahmoud Abbas, e apresentou a sua proposta.

O primeiro daqueles quatro pontos é o de uma solução com dois Estados e o segundo a manutenção do "conceito de uma segurança comum, extensa, cooperativa e sustentável" e o fim imediato da construção de colónias israelitas nas terras palestinianas.

O terceiro, a coordenação de esforços internacionais para fazer avançar "medidas promotoras de paz" implicando esforços conjuntos e o último a promoção do desenvolvimento e da cooperação entre palestinianos e israelitas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon