Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Clube da Serie C do Rio com estádio para 45 mil pessoas

Sportinveste 02/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Clube da Serie C do Rio com estádio para 45 mil pessoas © Sportinveste Multimédia Clube da Serie C do Rio com estádio para 45 mil pessoas

Em ano de Mundial no Brasil, surge uma notícia, no mínimo, curiosa. O modesto Gonçalence - Tanguá Esporte e Cultura até 2013, antes de ser adquirido por um milionário -, clube da Série C do Rio de Janeiro, apresentou esta semana o projeto do novo estádio, que poderia bem estar na lista para os palcos para o Campeonato do Mundo.

O Catarinão - nome do estádio por ficar situado no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo -, terá uma capacidade para 43 mil pessoas, mais do que o palco do Vasco, por exemplo.

O projeto, no entanto, será feito por etapas. A primeira, cuja conclusão está prevista para o final de junho, consiste em capacitar o recinto para 5 mil pessoas. A segunda, eleva a fasquia para 20 mil. O design exterior -que, se resto, está a fazer furor nas redes sociais -está apenas previsto para uma terceira etapa. O proprietário do clube, um empresário da construção civil, pretende a obra concluída em 2017.

A área de construção ronda os 200 mil metros quadrados e, para além de um relvado com as dimensões admitidas pela FIFA (105 x 68 m), incluirá um ginásio polidesportivo e vários campos de relva sintética.

O valor da obra não foi divulgado, mas Joacir, proprietário do clube, assumiu que serão investidos mais de 20 milhões de euros, "sem utilização de dinheiro público".

Se se questiona sobre qual a razão de tal investimento num clube da terceira divisão do Rio de Janeiro, a explicação é a seguinte: "Sabemos que somos o terceiro maior município do interior do Brasil em termos populacionais. Perdemos apenas para Guarus e Campinas. Em Campinas há dois estádios (Brinco de Ouro da Princesa e Moisés Lucarelli) e dois clubes grandes (Guarani e Ponte Preta). São Gonçalo precisa de um investimento, de equipamento destas dimensões. A nossa iniciativa justifica-se por isto", afirmou Joacir, em declarações à imprensa brasileira.

Fonte: OJogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon