Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Comité de Apelo da FIFA retira castigo de quatro jogos a Lionel Messi

Logótipo de LusaLusa 05/05/2017 Alberto Peres
ALEJANDRO GARCIA/EFE © EPA / ALEJANDRO GARCIA ALEJANDRO GARCIA/EFE

Zurique, Suíça, 05 mai (Lusa) - O Comité de Apelo da FIFA aceitou o recurso interposto pela Federação Argentina de Futebol (FAF) e retirou a suspensão de quatro jogos imposta ao avançado Lionel Messi, anunciou hoje o organismo.

Em causa estava um castigo aplicado pela FIFA a Lionel Messi por este ter alegadamente insultado Emerson Augusto de Carvalho, assistente do árbitro brasileiro Sandro Ricci, durante um jogo com o Chile, de qualificação para o Mundial2018.

O Comité de Apelo da FIFA considerou reprovável a conduta de Lionel Messi no dito incidente, mas determinou que as provas disponíveis não eram suficientes para aplicar, de forma inequívoca, os regulamentos disciplinares para sancionar faltas graves.

“O respeito pelos árbitros é essencial e deve ser uma constante no futebol, portanto, qualquer atitude contrária ao princípio do ‘fair play’ ou espírito desportivo deve ser rejeitado”, refere o comunicado emitido pelo organismo.

Esta posição do Comité de Apelo da FIFA, para além de anular os quatro jogos de suspensão – que levou Lionel Messi a falhar o jogo com a Bolívia, de qualificação para o Mundial2018 – também ‘limpa’ a multa de 10 mil francos suíços (cerca de 9.300 euros) imposta ao jogador argentino.

A seleção da Argentina, que perdeu 2-0 com a Bolívia – sem Lionel Messi – a 28 de março, ocupa a quinta posição do grupo de qualificação para o Mundial2018, com 22 pontos, atrás do Brasil (33), Colômbia (24), Uruguai (23) e Chile (23).

Com quatro jornadas ainda por disputar na fase de qualificação, a Argentina encontra-se em posição de ter que disputar um ‘play-off’ com uma seleção representante da Oceânia para aspirar a marcar presença no Mundial2018, na Rússia.

APS // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon