Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Concurso Internacional de Piano de Santa Cecília regressa à Casa da Música

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/07/2017 Administrator

O 19.º Concurso Internacional de Piano de Santa Cecília, competição internacional que conta com cerca de 100 jovens músicos de 26 países, tem as eliminatórias a decorrer na Casa da Música, no Porto, até domingo, dia da grande final.

Os intérpretes têm entre os seis e os 32 anos, e vêm de países como China, Rússia, Reino Unido, Coreia do Sul, Vietname, Ucrânia, Portugal.

O concurso é organizado pelo Curso de Música Silva Monteiro (CISC), uma das principais e mais antigas escolas de piano do país, com mais de 85 anos de atividade, formando professores, pianistas e outros jovens intérpretes.

A competição está dividida em duas categorias: a primeira, principal, aberta a músicos até aos 32 anos, centrada na Casa da Música; e a categoria júnior, aberta a jovens músicos com idades compreendidas entre os seis e os 18 anos, que se encontra a decorrer na Fundação Manuel António da Mota (FMAM).

Os 60 participantes da categoria principal do CISC vão passar por três etapas do programa, nomeadamente uma fase eliminatória, em que seis dos 60 concorrentes serão selecionados para avançar para a semifinal e, posteriormente, para a etapa final, em que três músicos irão, no domingo na Sala Suggia da Casa da Música, dar um concerto dos vários compositores escolhidos para a competição, com a Orquestra Sinfónica Portuguesa.

O júri do concurso principal é constituído por elementos do panorama musical nacional e internacional, conta com nomes como Carles Lama, Constantin Sandu, Deniz Gelenbe, Emmanuel Ferrer-Laloe, Franch Reich e Fu Hong.

"As decisões do júri são soberanas e delas não haverá recurso. O júri poderá não atribuir qualquer prémio se assim o entender. O júri poderá interromper as provas que excedam a minutagem estabelecida", lê-se na página do concurso.

O vencedor do primeiro prémio, além de receber 5000 euros, cedidos pela Câmara Municipal do Porto, vai ter a possibilidade de participar em recitais pela Europa.

Os vencedores da categoria júnior do CISC "terão a possibilidade de gravar um 'CD' e de ingressar numa agência de talentos internacional sediada em Barcelona", contando também com um prémio monetário, disse à Lusa Álvaro Teixeira, responsável pela organização.

A grande final realiza-se no domingo, às 18:00, na Sala Suggia da Casa da Música.

A final é aberta ao público e os bilhetes têm um custo de 10 euros por pessoa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon