Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Confederações: Fernando Santos aponta Rússia como favorita no Grupo A

Logótipo de LusaLusa 26/11/2016 Luís Garoupa
MÁRIO CRUZ/LUSA © LUSA / MÁRIO CRUZ MÁRIO CRUZ/LUSA

Kazan, Rússia, 26 nov (Lusa) – O selecionador português, Fernando Santos, atribuiu hoje favoritismo à anfitriã Rússia no Grupo A da Taça das Confederações2017 de futebol, mas assumiu que os atuais campeões europeus vão participar na prova com um pensamento vencedor.

“Vão ser confrontos difíceis em três cidades diferentes. Vamos ter de viajar. Mas vamos seguramente chegar aqui à Rússia e jogar para vencer. Jogo a jogo, vamos procurar ganhar”, afirmou Fernando Santos em declarações ao sítio oficial da Federação Portuguesa de Futebol na Internet, minutos depois do sorteio que decorreu em Kazan.

A seleção lusa, que aparece pela primeira vez na competição, estreia-se a 18 de junho, em Kazan, perante o México, vencedor da Gold Cup da CONCACAF (América do Norte, Central e Caraíbas). Segue-se o embate com a Rússia, no dia 21, em Moscovo, e termina a participação a 24, em São Petersburgo, perante a Nova Zelândia, vencedor da Oceânia.

“A Rússia joga em casa e, naturalmente, assume-se como favorita, até pelo que vimos aqui hoje no sorteio. Pelas declarações que fizeram, demonstraram uma forte determinação em lutar pela vitória nesta edição da Taça das Confederações. Depois temos o México, que é a única formação do grupo que venceu a competição e que aspira a repetir esse feito. E ainda temos pela frente a Nova Zelândia, que vem de um futebol diferente mas que costuma aparecer forte em fases finais”, disse o selecionador nacional.

No Grupo B, o sorteio juntou Alemanha, Chile, Austrália e o representante africano, que só será conhecido em fevereiro do próximo ano.

A Taça das Confederações, prova que serve de ‘teste’ para Mundial2018, que vai decorrer igualmente na Rússia, arranca a 17 de junho do próximo ano e termina a 02 de julho, com a final a ser realizada em São Petersburgo. Moscovo, Sochi e Kazan também vão receber jogos da competição.

LG // JP

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon