Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Constituições de empresas sobem 7,6% em Portugal até julho deste ano - consultora

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/08/2017 Administrator

Portugal registou a constituição de 24.847 empresas e outras organizações nos primeiros sete meses deste ano, mais 7,6% do que no mesmo período de 2016, segundo um estudo de uma consultora luso-espanhola dedicada à informação empresarial.

O "Barómetro Informa D&B", hoje divulgado e organizado pela multinacional descendente da Dun & Bradstreet, adianta ainda que houve uma redução das insolvências de 2,6% até julho de 2017, verificando-se 7.761 encerramentos, além do início de 1.638 processos de insolvência.

"A percentagem de empresas que cumprem os prazos de pagamento acordados (17,9%) mantém-se em valores ainda reduzidos e semelhantes ao último mês, verificando-se, no entanto, uma ligeira melhoria, iniciada desde outubro de 2016", lê-se no comunicado.

Segundo esta análise, o crescimento das constituições não é homogéneo nos vários setores de atividade, assentando maioritariamente nos serviços, atividade imobiliária, construção, agricultura, pecuária, pesca e caça, alojamento e restauração.

Já os setores do comércio a retalho, indústria transformadora e comércio grossista, "apresentaram descidas significativas nas constituições até julho".

"À semelhança de 2016, o distrito de Lisboa mantém o crescimento das constituições de empresas e outras organizações (13,5%)" e "os distritos de Faro e Setúbal tiveram também um crescimento acentuado nos primeiros sete meses de 2017", enquanto "o distrito do Porto, segundo maior distrito em empresas, reverte a tendência de descida de 2016, subindo ligeiramente (2,0%)".

No capítulo das extinções, "o distrito de Lisboa (129 encerramentos) mantém-se em contraciclo com a quase totalidade dos distritos que desce ou mantém o número".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon