Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Continuar no Nacional? Não sei nada sobre o futuro"

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/05/2017 João Cardoso

João de Deus, treinador do Nacional, não se alongou nos comentários sobre o futuro, este sábado, após o empate 1-1 frente ao Boavista

Falta de motivação: "Não me pareceu nada. Muito motivados para este jogo, porque há uma ideia que tem de estar sempre presente, que é respeitar o jogo, isto que nos apaixona e nos faz estar nos bons e nos maus momentos. Tínhamos de respeitar o jogo e nós respeitámos muito".

Mau momento: "Não estamos satisfeitos pelo momento e pelo resultado final. Pelo que jogámos, sim, estamos contentes".

Exibição: "Vocês vão fazer a vossas crónicas tenho a certeza que vão relatar o que se passou hoje a aqui. A realidade nua a cria é que o Nacional vai descer de divisão, mas vimos uma equipa a jogar futebol, com qualidade, com brio profissional e competitiva, mas, lá está, com os mesmos problemas do passado recente. Tantas oportunidades desperdiçadas, golos sofridos de forma caricata, mas hoje sem aquela pressão de vencer, e essa pressão não estando tão presente, fez com tivéssemos este desempenho".

© JOANA SOUSA

Motivar a equipa: "Foi muito fácil. Perguntei aos jogadores se aquilo que tínhamos conversado da parte da manhã se mantinha e eles disseram que sim".

Cumprimento aos jogadores: "A única que lhes pedi foi que, quando terminasse o jogo, queria cumprimentar um a um, olhá-los nos olhos e dizer que tenho homens de caráter à minha frente. Quando se trata de caráter nenhum de nós pode ficar indiferente e eles hoje não ficaram".

Futuro: "O Nacional foi despromovido e não posso dizer nada sobre o meu futuro, porque não sei".

Estratégia: "Sou uma pessoa de convicções e acredito que se se põe uma equipa a jogar bom futebol e consegue potenciar as suas qualidades e mascarar as suas pechas que tens mais possibilidade de ter sucesso".

Moreirense "culpado" pela descida: "O momento que nos fez descer de divisão foi a derrota com o Moreirense [0-1, na 29.ª jornada], porque nessa altura vinha de uma vitória muto bem conseguida, no Estoril [0-1, na 28.ª jornada], a jogar este futebol que viram hoje, e a equipa entrou em campo extremamente motivada com o Moreirense. Jogámos bem, cometemos um erro, sofremos um golo e não conseguimos voltar à partida. Esse foi o momento que ditou a nossa descida de divisão. Não quero falar do que está para trás. Só posso falar do que são as minhas responsabilidades e as minhas responsabilidades foram não ter conseguido vencer o Moreirense e aí a equipa desceu de divisão".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon