Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Coreia do Norte: EUA querem votar novas sanções na próxima segunda-feira

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/09/2017 Administrator

Os Estados Unidos estão a preparar um projeto de resolução sobre novas sanções contra a Coreia do Norte e querem que o texto seja votado na próxima segunda-feira, anunciou hoje a embaixadora americana junto da ONU, Nikki Haley.

Este anúncio dos Estados Unidos foi feito na reta final da reunião de urgência do Conselho de Segurança, que decorreu hoje na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, um dia depois de o regime norte-coreano ter anunciado a realização com sucesso do sexto teste nuclear daquele país, desta vez com uma bomba de hidrogénio.

A França e o Reino Unido, outros dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança (com poder de veto), são favoráveis a eventuais novas sanções. Já a posição de Pequim e de Moscovo (também membros permanentes) não é conhecida.

O Japão, membro não permanente do Conselho e um dos principais visados das manobras norte-coreanas, também é favorável ao endurecimento de sanções.

Nikki Haley não precisou os termos que serão incluídos no projeto de resolução, mas realçou a necessidade de as negociações prévias ocorrerem durante esta semana para que o texto possa ser votado na próxima segunda-feira.

No arranque da reunião de emergência, a representante de Washington junto da ONU defendeu que as Nações Unidas devem adotar as "medidas mais fortes possíveis" para punir o mais recente ensaio nuclear da Coreia do Norte.

"Chegou o momento de acabar com as meias medidas", disse a embaixadora, salientando ainda o caráter de "urgência" da situação.

E frisou que a abordagem das Nações Unidas pelo menos nas duas últimas décadas "não funcionou" para mudar a atitude norte-coreana.

Até à data, e desde que o regime de Pyongyang realizou o seu primeiro teste nuclear em 2006, ONU impôs à Coreia do Norte sete séries de sanções, que foram progressivamente mais duras e que focaram, nomeadamente, o embargo de armas, o congelamento de bens e a proibição das importações de carvão.

O Conselho de Segurança da ONU adotou sete resoluções que impuseram ou reforçaram sanções diversas contra o regime norte-coreano.

As primeiras resoluções foram votadas em 2006 e 2009, após os dois primeiros testes nucleares.

A Coreia do Norte testou no domingo a sua bomba nuclear mais potente até à data, um artefacto termonuclear que, segundo o regime de Pyongyang, pode ser instalado num míssil intercontinental.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon