Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Coreia do Norte: França condena novo disparo de míssil balístico

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/09/2017 Administrator

A França considera que o novo disparo de um míssil norte-coreano constitui "mais uma provocação" que "põe em causa" a segurança internacional, disse hoje a ministra das Forças Armadas Francesas.

"É mais uma provocação e ainda por cima após as sanções votadas por unanimidade pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas no princípio da semana", disse Florence Parly em entrevista à estação de rádio Europe 1.

"Tem de haver eficácia e, por isso, as sanções devem ser aplicadas de forma efetiva já nos próximos dias" acrescentou a ministra.

O Concelho de Segurança da ONU deve reunir-se de emergência ainda hoje por causa do novo disparo do míssil balístico norte-coreano que sobrevoou o norte do Japão.

"O que está em causa não é apenas a segurança daquela região do mundo (Extremo Oriente) mas a segurança internacional", disse ainda a ministra das Forças Armadas Francesas.

A Coreia do Norte lançou um míssil que sobrevoou o Japão, sem causar danos, anunciou o governo de Tóquio.

O míssil sobrevoou a ilha de Hokkaido às 07:00 (23:00 de quinta-feira em Lisboa), indicaram as autoridades japonesas acrescentando que o sistema de aviso J-Alert foi acionado em várias regiões do norte do arquipélago.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon