Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Coreia do Norte: Trump anuncia novas sanções contra Pyongyang

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Administrator

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje que vai impor novas sanções contra a Coreia do Norte para evitar o desenvolvimento dos programas nuclear e balístico do regime de Pyongyang.

"Vamos impor novas sanções à Coreia do Norte", declarou o chefe de Estado norte-americano, à margem da Assembleia-Geral das Nações Unidas, a decorrer em Nova Iorque, sem dar mais detalhes.

Trump fez esta declaração no início de um encontro com o Presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani.

O Presidente norte-americano não deixou claro se o anúncio destas novas sanções contra o regime liderado por Kim Jong Un será feito ainda hoje.

No entanto, momentos depois destas declarações de Trump, a Casa Branca anunciou para hoje à tarde duas conferências de imprensa, uma com o secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, e outra com a embaixadora dos Estados Unidos junto da ONU, Nikki Haley.

No passado dia 11 de setembro, o Conselho de Segurança da ONU aprovou, por unanimidade, um novo conjunto de sanções contra a Coreia do Norte, em resposta ao último lançamento de um míssil norte-coreano que sobrevoou o território do Japão.

Trump, que tem adotado uma retórica particularmente dura e bélica contra Pyongyang nos últimos meses, afirmou na terça-feira, durante a sua primeira intervenção perante a Assembleia-Geral das Nações Unidas, que a única solução será "destruir totalmente" a Coreia do Norte caso o regime de Kim Jong Un continue a ameaçar os Estados Unidos e os seus aliados.

Numa referência ao líder norte-coreano, Trump adiantou: "O homem foguete ['rocket man, a expressão em inglês] está numa missão suicida para si e para o seu regime".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon