Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

CORREÇÃO E NOVO TÍTULO: Orchestral Manoeuvres in The Dark atuam em fevereiro em Lisboa

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/09/2017 Administrator

(Corrige no título e nos dois primeiros parágrafos a grafia do nome da banda, que é Orchestral Manoeuvres in The Dark e não Orchestral Manoeuvers in the Dark)

O grupo pop britânico Orchestral Manoeuvres in The Dark, fundado nos anos 1970, vai atuar em fevereiro em Lisboa, foi hoje anunciado.

A banda estará a 16 de fevereiro na Aula Magna, em Lisboa, e o regresso acontece a propósito do álbum "The Punishment of Luxury", que saiu no início deste mês.

Conhecidos como OMD, os Orchestral Manoeuvres in The Dark atuaram pela primeira vez em Portugal em 2016 no Festival de Vilar de Mouros. Chegaram a ter um concerto marcado em 2013, em Cascais, mas foi cancelado por problemas de saúde de um dos membros, o baterista Malcolm Holmes, que abandonou a banda pouco depois.

"The Punishment of Luxury" é o 13.º álbum de carreira dos OMD e todos os temas foram compostos por Andy McCluskey e Paul Humphreys, os dois músicos que se mantêm desde os primeiros tempos da banda e sobreviveram à separação de quase uma década, entre 1996 e 2006.

Sendo uma das bandas da pop eletrónica de finais de 1970, os OMD tiveram sobretudo sucesso na década de 1980, com canções como "Enola Gay", "Souvenir", "Electricity" e "Joan of Arc".

"Isotype" foi o primeiro tema retirado do novo álbum, "The Punishment of Luxury", com o qual andarão em digressão pela Europa e Estado Unidos durante os próximos meses.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon