Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

CORREÇÃO: Pedrógão Grande: Portugueses nos EUA angariam 300 mil euros para as vítimas

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/08/2017 Administrator

(Corrige no último parágrafo o destino a dar aos fundos recolhidos pela sociedade civil para ajudar as vítimas dos incêndios em Pedrógão Grande)

VERSÃO INTEGRAL CORRIGIDA

A comunidade portuguesa nos estados de Nova Jérsia, Nova Iorque e Florida, nos EUA, já angariou 338 mil dólares (perto de 290 mil euros) para apoiar as vítimas dos fogos de Pedrógão Grande.

A maior contribuição para este montante vem da campanha "Juntos por Portugal", que reúne mais de 30 associações do estado de Nova Jérsia e angariou 202 mil dólares através de diversos eventos.

O presidente do Sport Clube Português de Newark, Jack Costa, que liderou a iniciativa, disse à Lusa que a campanha "está a trabalhar com a câmara de Pedrógão Grande para obter a lista oficial das pessoas que perderam a sua primeira residência" para que possam entregar os fundos.

O responsável disse que "um grupo de pessoas da organização irá a Portugal entregar os fundos, diretamente, sem intermediário."

No estado de Nova Iorque, foram angariados 106 mil dólares. O maior montante vem do Grupo de Residentes de Farmingville, com o apoio do Portuguese American Center of Suffolk, que reuniu 50 mil dólares.

Outros fundos vêm da empresa "Big Apple Supply", com o apoio do Alheirense Cultural Center de Mineola, da Academia de Bacalhau de Nova Iorque, da organização Daughters of Portugal, ou do New York Portuguese American Leadership Conference (NYPALC).

Mais a sul, no estado da Florida, uma campanha em Palm Coast conseguiu reunir 30 mil dólares.

"Como todos os portugueses, acordámos naquele fim de semana e decidimos que tínhamos de ajudar. Percebi que tínhamos de coordenar a ajuda e contactei os líderes das associações no estado de Nova Jérsia para trabalharmos em conjunto", explicou Jack Costa.

Em outros estados dos EUA, líderes associativos também organizaram eventos solidários.

Segundo a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, todas as iniciativas de ajuda deverão ser endereçadas para o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, ou diretamente para o Fundo Revita (Fundo de Apoio às Populações e à Revitalização das Áreas Afetadas pelos incêndios ocorridos em junho de 2017).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon