Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

CORREÇÃO: Viagem Medieval de Santa Maria Feira com cortejos encenados e contos eróticos

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/08/2017 Administrator

CORREÇÃO: Reformula segundo parágrafo

A Viagem Medieval que decorre de quarta-feira até dia 13 em Santa Maria da Feira inclui, entre as suas novidades, cortejos encenados com D. Afonso IV, contos eróticos humorísticos e um estúdio para fotografia matrimonial inspirada nessa época.

Segundo explicou hoje à Lusa o diretor-geral da 21.ª edição dessa recriação histórica, em causa está, no que se refere aos desfiles, um formato de espetáculo que já existia e foi transformado "para maior dinâmica" teatral, enquanto as propostas de caráter "mais romântico" pretendem reforçar a oferta do evento, no que se refere aos hábitos passionais da época medieval.

"Como a Viagem muda de contexto histórico todos os anos, abordando um reinado diferente em cada edição, queremos que mais gente se aperceba dessa mudança temática e, por isso, decidimos reforçar essa mensagem com os cortejos encenados, que passam agora a ter mais interação com o público e a abordar um episódio realmente representativo da época recriada", explica Paulo Sérgio Pais.

De acordo com o diretor-geral, "um desses cortejos será sobre a peregrinação que a Rainha Santa Isabel fez até Santiago de Compostela, viajando disfarçada para não ser reconhecida e acabando por realizar o Milagre das Laranjeiras em Arrifana [freguesia da Feira]".

"Outro vai abordar 'A chegada do Cavaleiro Negro', que é uma referência aos surtos de peste que mataram muita gente no reino na sequência de vários anos de fome e doenças", acrescentou.

Já no que se refere à componente "mais romântica" da Viagem Medieval, essa já estava presente no espaço dos "Banhos de S. Jorge", em cujo cenário há massagens, concertos com harpa e recantos "para namorar", mas este ano será reforçada com duas outras propostas a cargo da chamada "Trupe de Bufarinheiros" - os saltimbancos que montam arraial à sombra das árvores e aí atuam para quem passa.

A primeira dessas novas propostas é o espetáculo "Os amores ocultos de D. Afonso IV", que parte da "desilusão" pelo facto de esse monarca não ter tido amantes, para além da sua esposa Beatriz de Castela, para depois explorar "os seus amores ocultos, tão sórdidos que só mesmo uma Trupe de Bufarinheiros, sem amor à vida e sem nada a perder, se atreve a desvendar uma pontinha do véu".

Quanto aos "Contos eróticos medievais", por sua vez, estão reservados para maiores de 16 anos e revelam-se ao estilo do "fabliau" francês, um género narrativo breve e em verso que conta pequenas histórias "num clima de paródia e bom humor em que domina o gosto pela trivialidade e a obscenidade", com jogos de palavras e mal-entendidos.

Na zona dos Bufarinheiros estará ainda disponível a "Árvore dos Casamentos de Amor e Alguns Acasalamentos ", em que adereços típicos dos matrimónios medievais e outros acessórios de noivado da época poderão ser apreciados pelos visitantes e aplicados nas suas fotografias.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon