Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Couceiro e ainda o FC Porto: "Não ficamos felizes com as derrotas dos outros"

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/03/2017 Hugo Monteiro

José Couceiro, treinador do Vitória de Setúbal, voltou a abordar o empate (1-1) no Dragão.

© José Coelho/Lusa

Um dia depois de empatar no Dragão, José Couceiro recordou o jogo com o FC Porto. "Foi um ponto num jogo que sabíamos que seria muito difícil. É preciso ter a sorte do jogo em momentos cruciais e é mais um ponto na nossa caminhada, nada mais do que isso. Há anos em que estas coisas acontecem. É importante para muitos jovens do Vitória crescerem num ambiente fantástico", realçou o treinador sadino, à margem da cerimónia Quinas de Ouro, na qual a FPF premiou os melhores do ano.

"Não é especial. Estes jogos são muito mediáticos, ganham uma importância maior quando a adversário direto perde pontos na véspera. Temos de ficar felizes com as nossas vitórias, não com as derrotas dos outros", continuou Couceiro, falando na aposta em jovens, como João Carvalho, cedido pelo Benfica e autor do golo no Dragão.

"É normal que os jovens jogadores nem sempre se consigam impor e demorem tempo a ter espaço. Jogadores deste nível esgotam espaço na equipa B, mas não têm ainda a intensidade para estarem nas equipas principais. É um bom compromisso para o Vitória, jogador e clube de origem. Ontem foi João Carvalho, há também o Mikel, podia citar João Mário, Rúben Semedo, Ryan Gauld. Estamos a criar mais valor para o futebol", terminou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon