Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Cova da Piedade garante permanência e relega Académico de Viseu para o play-off

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/05/2017 Ana Proença

O Cova da Piedade empatou este domingo em Viseu 2-2 e garantiu a permanência na II Liga, relegando o Académico de Viseu para a disputa do play-off, na 42.ª e última jornada.

A precisar de vencer, a formação viseense adiantou-se em cima do intervalo, por intermédio de Rui Miguel, aos 45+3, permitiu a reviravolta ao adversário, que marcou por Roberto Cunha, aos 65, e Dieguinho, aos 67, de nada valendo o golo do empate, apontado por Sandro Lima, aos 74.

A primeira parte foi reflexo da pressão colocada sobre as duas equipas, empenhadas em evitar o play-off de manutenção, num jogo com domínio repartido e em que só nos minutos finais houve alguma emoção.

João Barbosa, treinador do Cova da Piedade © Miguel Pereira/Global Imagens João Barbosa, treinador do Cova da Piedade

Foi a formação do Cova da Piedade a primeira a ficar perto do golo, com um remate a embater com estrondo na barra da baliza defendida por Rodolfo, mas, na resposta, e já nos instantes finais da primeira parte, aos 45+3, foram os viseenses a chegar à vantagem, com Rui Miguel, muito rápido, a fazer a recarga vitoriosa a um remate forte de Sandro Lima.

No segundo tempo, e com o Famalicão a vencer em Barcelos, o Cova da Piedade deu a volta ao resultado. Primeiro com Roberto Cunha, aos 65 minutos, a aproveitar uma falha de Rodolfo. Pouco depois, aos 67, os forasteiros a chegarem à vantagem, com um golo de Dieguinho.

Um resultado que garantia a permanência à formação do Cova da Piedade, com os viseenses obrigados à reviravolta para evitarem a presença no 'play-off'.

Académico que viria a empatar, aos 74 minutos, com Sandro Lima a marcar na conversão de uma grande penalidade, por carga na área sobre Zé Paulo.

Os minutos finais foram dramáticos, com os viseenses a ficarem perto do golo num lance de Luisinho.

Jogo disputado no Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu.

Académico de Viseu - Cova da Piedade, 2-2.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Rui Miguel, 45+3 minutos.

1-1, Roberto Cunha, 65.

1-2, Dieguinho, 67.

2-2, Sandro Lima, 74 (grande penalidade).

Equipas:

- Académico de Viseu: Rodolfo, Carlos Eduardo (Luisinho, 71), Bura, Bruno Miguel, Stephane, Paná, Capela, Tiago Borges (Zé Pedro, 71), Zé Paulo, Rui Miguel (Bruno Loureiro, 56) e Sandro Lima.

(Suplentes: Elísio, Tiago Gonçalves, Tomé, Luisinho, Moses, Bruno Loureiro e Zé Pedro).

Treinador: Francisco Chaló.

- Cova da Piedade: Pedro Alves, Chico Gomes, Roberto Cunha, Miguel Ângelo, Evaldo, Soares, Robson (André Carvalhas, 63), Luís Silva, Adilson (Siaka Bamba, 82), Ballack (Silas, 75) e Dieguinho.

(Suplentes: Guilherme, Yi, André Carvalhas, Silas, Filipe Godinho, Siaka Bamba e Irobiso).

Treinador: João Barbosa.

Árbitro: Vasco Santos (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Robson (25), Bruno Miguel (26), Dieguinho (46), Ballack (51), Bruno Loureiro (62), Stephane (69) e Adilson (81).

Assistência: Cerca de 2600 espetadores.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon