Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Cristiano Ronaldo foi o homem do jogo: "Até onde chego? Onde me deixarem"

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/06/2017 Ana Proença
© Fornecido por O jogo

Alex Ferguson entregou o troféu de melhor do jogo ao internacional português, que referiu os golos sofridos pela Juventus na final, em comparação com a restante competição.

Cristiano Ronaldo foi à sala de imprensa em Cardiff para receber o troféu de "Homem do Jogo" da final da Liga dos Campeões. Acompanhado pela namorada, Georgina Rodríguez, e pelo filho, Cristiano Júnior, o jogador português recebeu o prémio das mãos do seu antigo treinador no Manchester United, Alex Ferguson.

"Até onde chego? Onde me deixarem", afirmou Cristiano Ronaldo, depois, em conferência de imprensa. "Foi uma temporada outra vez única, ganhámos a Liga, a Champions, a equipa esteve fenomenal e eu prepararei-me para estar bem na fase final da Liga e da Champions também, estou muito feliz".

Sobre a partida com a Juventus, Cristiano Ronaldo disse ter sido "uma partida muito equilibrada". "A Juventus jogou bem durante a primeira parte, mas no segundo tempo o Real esteve impressionante, das melhores segundas partes do Real Madrid esta época. A Champions é sempre difícil, ganhar, a Juventus tinha dois golos sofridos até agora esta época e na final sofreu quatro", comentou Cristiano Ronaldo.

O português referiu a "gestão fantástica feita por Zidane" da equipa que lhe permitiu chegar ao final da temporada a sentir-se muito bem e a dar um grande contributo à equipa. Interrogado sobre os assobios que também ouviu ao longo da época por parte dos adeptos do clube, o jogador disse ser tempo para festejar, acrescentando só: "Os números não mentem".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon