Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Cumprimento de metas sobre reciclagem preocupa ministro do Ambiente

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/07/2017 Administrator

O ministro do Ambiente disse hoje no parlamento estar preocupado com o cumprimento das metas de reciclagem para 2020, tendo os deputados ficado a saber também que 30% dos portugueses nunca fez recolha seletiva.

"O desafio é muito grande, para ser franco sim, estamos preocupados em cumprir as metas em 2020", disse João Pedro Matos Fernandes na comissão parlamentar de Ambiente, onde foi ouvido sobre a matéria, no âmbito de um requerimento do Partido Ecologista os Verdes (PEV).

A deputada do PEV Heloísa Apolónia perguntou se Portugal vai atingir a meta dos 50% dentro de três anos e lamentou a falta de campanhas de sensibilização sobre a matéria.

Matos Fernandes elogiou a "evolução significativa" das taxas de reciclagem de resíduos sólidos urbanos, cerca de 30% em 2016, e disse que o Fundo de Estratégia Ambiental recebeu 66 candidaturas para projetos e iniciativas ligadas à educação ambiental, que se destinam a promover uma maior consciência ambiental.

"Temos consciência de que temos de acelerar as metas", disse o ministro, remetendo depois outras explicações para o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins.

Este responsável disse que Portugal está a cumprir todas as metas por fluxos exceto no vidro, 01% abaixo. Em abril, questionado pela Lusa, já tinha dito que era difícil mas exequível o cumprimento das metas de reciclagem em 2020.

Carlos Martins disse também que 30% dos portugueses nunca fez reciclagem e que 25% dos que fazem não fazem de todos as frações (só fazem vidro ou papel, por exemplo).

Mobilizando aqueles portugueses o país pode atingir as metas, disse.

Carlos Martins mostrou-se ainda assim otimista quanto ao futuro da reciclagem e falou da evolução positiva, alguma pouco visível. Hoje, disse, qualquer embalagem de água tem menos 10% de matéria-prima do que há 19 anos, e uma embalagem de detergente (cartão) tem menos 20%.

Atualmente, disse também em resposta a perguntas de deputados, praticamente todo o vidro que é recolhido é reciclado, havendo 05% a 06% do plástico que é rejeitado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon