Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Decisão da federação levou Sergio Ramos, Piqué e Busquets a ameaçarem saída da seleção

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/10/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

Em causa está o despedimento de Maria José Claramunt das funções de diretora da seleção e do departamento de marketing da Federação Espanhola de Futebol (RFEF)

O despedimento de Maria José Claramunt, que ocupava as funções de diretora da seleção e do departamento de marketing da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), está a dar que falar no país vizinho.

Segundo avança o jornal Marca, a decisão de Juan Luis Larrea, presidente da RFEF, em substituição de Ángel María Villar - dirigente federativo que está a contas com a justiça no âmbito do caso "Soule" - abriu uma guerra interna com alguns dos pesos pesados do plantel da "La Roja", tais como Sergio Ramos, Busquets ou Gerard Piqué.

Ainda de acordo com a publicação, os três jogadores pediram explicações pela decisão tomada pelo líder federativo e terão chegado mesmo a ameaçar a saída da seleção junto de alguns dos dirigentes da RFEF, caso a diretora da seleção fosse demitida.

Perante este cenário, a Marca garante que os jogadores da seleção espanhola proibiram o acesso de Larrea ao balneário da "Roja" e, segundo informações do programa "El Partidazo" da Cadena Cope, desejam eleições na federação.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon