Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Deputados planeiam remover limite de idade do Presidente no Uganda

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/09/2017 Administrator

Os deputados do partido no poder no Uganda apoiaram hoje planos para retirar da legislação o limite de idade presidencial, o que permitirá ao atual Presidente, Yoweri Museveni, prolongar a sua já longa ocupação do cargo.

O partido governante decidiu excluir uma cláusula que estipula 75 anos como limite máximo de idade para ser chefe de Estado do país, indicou o porta-voz do parlamento ugandês, Chris Obore.

Esse tema não se encontra ainda na agenda parlamentar, acrescentou Obore.

Museveni, que tem 73 anos e não poderá recandidatar-se caso se mantenha o limite de idade, evitou recentemente a questão, quando lhe perguntaram se queria ficar mais tempo no cargo, insistindo em que esse não é um assunto muito importante.

O partido de Museveni tem uma esmagadora maioria no parlamento nacional, esperando-se que uma lei para retirar o limite de idade presidencial seja aprovada assim que se iniciarem os procedimentos nesse sentido.

A única coisa que não se sabe ainda é quando será iniciado o processo.

O atual chefe de Estado ugandês lidera o país da África oriental desde 1986, quando tomou o poder pela força após uma guerra civil, e alguns dos seus críticos acusam-no há muito de querer ser Presidente vitalício.

Apesar de ele mesmo ter alertado, no passado, que os problemas de África se prendem com o facto de ter líderes "que querem eternizar-se no poder", esclareceu posteriormente que se referia a governantes que não foram eleitos.

Yoweri Museveni foi reeleito no ano passado num escrutínio manchado por acusações de fraude eleitoral. As próximas eleições serão em 2021.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon