Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Descida provoca rombo de milhões ao Nacional

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/05/2017 João Cardoso

Descida à II Liga significa um grande corte no orçamento do clube madeirense na próxima época

© HOMEM DE GOUVEIA

A despromoção do Nacional à II Liga, consumada na sexta-feira, com a vitória do Moreirense ante o Braga, vai privar os cofres do Nacional de uma fortuna. O clube madeirense, que desceu após 15 épocas seguidas na I Liga, vai perder só em transmissões televisivas e subvenções do Governo cerca de 3 milhões e 800 mil euros.

Nesta época, o Nacional auferia sensivelmente três milhões e 500 mil euros em transmissões televisivas e 1 milhão e 600 mil euros de subvenções do Governo Regional da Madeira (um valor que era mais alto do que o do Marítimo, pois é premiado o mérito e nos últimos quatro anos os alvinegros ficaram sempre à frente do rival).

Ora, com a despromoção os valores caem drasticamente. O Nacional passa a auferir do Governo Regional sensivelmente 800 mil euros e os valores das transmissões televisivas passam para 500 mil euros. As quebras de receitas vão estender-se, ainda, à bilheteira e nas transferências de jogadores. Negociar os reforços de janeiro e os jogadores com os salários mais altos têm um valor na I Liga e outro com o Nacional presente no segundo escalão.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon