Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Desemprego urbano na China fixa-se em 5,1% em julho

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/08/2017 Administrator

A taxa de desemprego urbano na China fixou-se em 5,1%, em julho, um nível "relativamente baixo", informou hoje o Gabinete Nacional de Estatísticas chinês (GNE).

Entre janeiro e julho foram criados 8,55 milhões de postos de trabalho nas cidades chinesas, mais 200.000 do que no mesmo período do ano passado, indicou, num comunicado difundido pela agência noticiosa oficial chinesa Xinhua, o porta-voz do GNE Mao Shengyong.

A taxa de desemprego urbano do país fixou-se em 5,1%, uma queda relativamente ao mesmo mês de 2016, apesar de julho ter coincidido com a conclusão da licenciatura de 7,95 milhões estudantes universitários, mais 300.000 do que no ano passado.

"Não foi fácil manter uma taxa de desemprego baixa no mês em que os estudantes universitários concluem a licenciatura", afirmou Mao.

Segundo o porta-voz, o Governo chinês pretende criar 11 milhões de empregos este ano.

O Governo chinês não publica estatísticas completas de desemprego, excluindo das estatísticas as zonas rurais, onde vive quase metade da população chinesa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon