Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Detidos major-general, coronel e tenente-coronel por suspeitas de corrupção na Força Aérea

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/07/2017 Administrator

Um major-general, um coronel, um tenente-coronel e um major estão entre os detidos hoje por corrupção, abuso de poder e falsificação de documentos na comercialização de géneros alimentícios nas messes da Força Aérea, segundo fonte da PJ.

Entre os 16 detidos hoje na segunda fase da Operação 'ZEUS' constam ainda três capitães, cinco sargentos e quatro empresários do ramo alimentar.

Segundo a PJ, os suspeitos estavam envolvidos num esquema de sobrefaturação de bens e matérias-primas para a confeção de refeições nas messes da Força Aérea.

Na primeira fase da operação 'ZEUS', em novembro de 2016, foram detidos cinco homens por corrupção ativa e passiva para ato ilícito e falsificação de documentos, num "esquema fraudulento que poderá ter lesado o Estado em cerca de 10 milhões de euros".

Nesta segunda fase da operação, participaram 130 elementos da PJ e 10 procuradores do Ministério Público, tendo sido realizadas 36 buscas nas áreas dos distritos de Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal, Évora e Faro, das quais 31 domiciliárias e 5 não domiciliárias.

Os detidos serão presentes a tribunal, para determinação das medidas de coação.

O inquérito é dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa e envolve elementos da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) que continuam na recolha de prova.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon