Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Detidos três chineses suspeitos de rapto e homicídio de compatriota em Angola

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/07/2017 Administrator

A polícia angolana deteve três chineses suspeitos do homicídio, após rapto, ocorrido na província de Benguela, de outro cidadão da mesma nacionalidade, referiu hoje à Lusa fonte policial.

De acordo com a mesma fonte, o crime envolveu inicialmente o rapto do cidadão chinês Song Hong Bing, de 48 anos, alegadamente levado pelos suspeitos na noite do passado dia 08 de julho da localidade de Kahota.

As investigações, realizadas pela Polícia Nacional e pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) de Benguela, referem que os três chineses chegaram a exigir à família daquele cidadão, a trabalhar em Angola, o pagamento de um resgate de 500 mil dólares (430 mil euros).

"Não havendo dinheiro no momento, os implicados mataram o seu compatriota, por os ter reconhecido", refere a polícia angolana.

Os três chineses encontram-se detidos pela polícia.

Estima-se que a comunidade chinesa em Angola ultrapasse as 200.000 pessoas, com mais de 1.000 empresas instaladas em todas as províncias do país.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon