Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Dois apurados, um herói nacional e um massacre em São Marino

Logótipo de O Jogo O Jogo 05/10/2017 Hugo Monteiro

Alemanha, campeã do mundo, e a Inglaterra asseguraram a qualificação para o Mundial de futebol de 2018,.

A Alemanha, campeã do mundo, e a Inglaterra asseguraram a qualificação para o Mundial de futebol de 2018, juntando-se à Bélgica e à anfitriã Rússia, enquanto a Polónia ficou a um ponto de marcar presença na competição.

Na ronda europeia de qualificação, a seleção germânica, que tinha vencido os oito primeiros jogos do Grupo C, começou cedo a desenhar novo triunfo na visita à Irlanda do Norte, em Belfast, com o golo de Rudy, logo aos dois minutos.

© NEIL HALL/EPA

Wagner, aos 21, e Kimmich, 86, confirmaram o triunfo, apesar do tento de honra já em período de compensações, aos 90+3, da Josh Magennis, que reduziu para os norte-irlandeses, que já tinham assegurado o segundo lugar no grupo e que mantém os 19 pontos, menos oito do que os 100% vitoriosos alemães.

A Inglaterra também carimbou o passaporte para o Mundial, depois de vencer a Eslovénia. Teve de esperar até aos descontos, quando, aos 90+4, o capitão Harry Kane selou o triunfo e o primeiro lugar no Grupo F.

Os ingleses somam 23 pontos, mais seis do que a Escócia, que venceu na receção à Eslováquia, por 1-0, graças a um autogolo de Skrtel, também perto do final da partida, aos 89, depois de ter jogado praticamente 70 minutos em superioridade numérica, devido à expulsão do eslovaco Robert Mak, devido a uma simulação. A Eslováquia 'caiu' para o terceiro lugar, com 15, e os eslovenos permanecem no quarto, com 14.

A segunda posição do agrupamento vai ficar definida no domingo, quando a Escócia visitar a Eslovénia e a Eslováquia receber a lanterna vermelha Malta, que somou os primeiros pontos na presente qualificação, ao empatar 1-1 na receção à Lituânia, próxima adversária da Inglaterra.

No Grupo E, a Polónia consolidou o primeiro lugar, ao golear por 6-1 na Arménia, com três golos de Robert Lewandowski, e ficou mais perto do apuramento para o Mundial2018, que pode confirmar no domingo, caso pontue na receção a Montenegro ou a Dinamarca não vença à Roménia.

Com o hat trick, o avançado do Bayern Munique, de 29 anos, tornou-se no melhor marcador de sempre da seleção polaca, com 50 golos em 90 jogos, ultrapassando o anterior recordista Wlodzimierz Lubanski, que marcou 48 em 75, entre 1963 e 1980, somando ainda 15 golos na qualificação europeia para o Mundial2018, mais um golo do que o português Cristiano Ronaldo.

Lewandowski marcou aos 18, 25 e 64 minutos, enquanto Grosicki, aos dois, Blaszczykowski, aos 58, e Wolski, aos 89, marcaram os restantes golos polacos. Hambardzumyan assinou o tento de honra dos arménios, aos 39.

A Polónia lidera o Grupo E, com 22 pontos, mais três do que a Dinamarca, que hoje foi vencer a Montenegro, com um golo do médio Eriksen, aos 16 minutos, relegando a seleção magiar para o terceiro posto, com 16.

Ainda no Grupo C, a Noruega foi golear a San Marino, por 8-0, com três golos do avançado do Basileia Elyounoussi e dois de Joshua King, um deles na conversão de uma grande penalidade, e a República Checa subiu ao terceiro lugar, ao vencer por 2-1 no Azerbaijão.

Noutro jogo sem impacto na qualificação, a contar para o Grupo E, a Roménia venceu por 3-1 na receção ao lanterna vermelha Cazaquistão, com dois golos de Budescu, um deles através de um castigo máximo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon