Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Domingos Paciência: "Bas Dost atravessa uma fase de muita confiança"

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/05/2017 Hugo M. Monteiro

Treinador do Belenenses destacou a forma de Bas Dost, que está na corrida à Bota de Ouro

Como é que o Belenenses pode parar o Sporting?: "Estamos com dificuldades em preparar a equipa. Temos o castigo do Yebda, o Diogo Viana lesionado e o caso do Domingos Duarte, que está emprestado pelo Sporting. Estamos com algumas dificuldades em apresentar um onze mais forte e o Sporting também tem algumas baixas por castigo e não vai apresentar também a equipa mais forte".

© Filipe Amorim / Global Imagens

Espera ser bem recebido em Alvalade?: "Depois de treinar o Sporting, já voltei lá com outra equipa [V. Setúbal] e fui bem recebido. Foram adeptos que me trataram e, apesar de ter lá estado pouco tempo, a minha equipa apresentou qualidade de jogo. Mantive lá alguns amigos e será bons revê-los".

Alguma estratégia para parar Bas Dost?: "Temos de muita atenção, porque o Bas Dost atravessa uma fase de muita confiança e faz golos com muita facilidade. Mas não quero jogar com 10 jogadores, isto quer dizer que mantenho os meus princípios e não teremos nenhum jogador vocacionado só para parar o Bas Dost. Ele é muito bem servido pelos colegas e a nós cabe-nos jogar organizar e proteger as zonas em que ele aparece para finalizar".

Abel Camará passou uma semana conturbada. Como está psicologicamente?: "Tenho falado com ele e temos tido conversas que também servem para estabilizar o grupo, que não é alheio ao que o Camará está a viver. Alguma solução será tomada e sempre em prol do grupo".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon