Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Domingos Paciência em entrevista: "Não gostava de ter o Gonçalo na minha equipa"

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/07/2017 Hugo Monteiro
© Miguel Pereira/Global Imagens

Domingos Paciência, treinador do Belenenses, falou em exclusivo a O JOGO e deixou uma confissão sobre o filho Gonçalo, que pertence aos quadros do FC Porto.

Domingos Paciência, treinador do Belenenses, concedeu uma entrevista em exclusivo a O JOGO que pode ler na edição deste domingo e um dos temas de conversa incidiu sobre o filho Gonçalo, que pertence aos quadros do FC Porto.

Domingos admitiu que não gostava de trabalhar com o filho, que continua com o futuro indefinido. "Sinceramente, preferia nunca ter de o treinar. Acho que seria uma situação desconfortável, sobretudo para ele. No balneário, os colegas podiam pensar: "eu não posso falar com este porque ele é o filho do treinador...". Seria constrangedor. A minha liderança é apoiada na coerência e honestidade e ter um elemento no grupo que os próprios colegas sabem que tem uma ligação muito forte com o treinador seria sempre complicado de gerir", explicou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon