Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Donnarumma pode tornar-se no guarda-redes mais caro de sempre já no verão

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/04/2017 Alcides Freire
© REUTERS/Giorgio Perottino

Há três clubes ingleses dispostos a pagar cerca de 60 milhões de euros pelo prodígio de 18 anos.

Gianluigi Donnarumma, dono da baliza do Milan e natural sucessor de Buffon na defesa das redes da seleção italiana, corre o risco de se tornar no guarda-redes mais caro da história do futebol já no próximo verão.

De acordo com o Mirror, o jovem de 18 anos está a ser seguido de perto por três pesos-pesados da Premier League, que ainda não sabem se poderão contar com os respetivos guarda-redes titulares na próxima temporada.

O Manchester United e o Chelsea podem perder De Gea e Courtois: um dos dois deve ser contratado pelo Real Madrid, que quer substituir Keylor Navas, a realizar uma época abaixo das expectativas. No caso do Manchester City, a situação é diferente: Claudio Bravo, contratado no início de 2016/17 ao Barcelona, tem cometido vários erros e até perdeu o lugar para Willy Caballero. Assim, os responsáveis "citizens" querem proporcionar a Guardiola um guardião indiscutível, que "pegue de estaca" na formação titular do Etihad.

O Milan poderá libertar Donnarumma a troco de 60 milhões de euros, soma que o colocaria à frente do compatriota Buffon no ranking dos guarda-redes mais caros de sempre: o veterano da Juventus deixou o Parma para assinar pelos "bianconeri" em 2001, por 51 milhões de euros.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon