Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Duas faltas, dois amarelos foi um exagero"

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/02/2017 Hugo Monteiro

FC Porto voltou a deixar reparos à arbitragem de Felix Brych no jogo com a Juventus.

© Ivan del Val/Global Imagens

Alex Telles foi expulso por acumulação ao minuto 27 do jogo com a Juventus, da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, e deixou a equipa em grandes dificuldades. Nuno Espírito Santo, treinador, e Pinto da Costa, presidente, deixaram alguns reparos à arbitragem de Felix Brych e a exibição de dois amarelos praticamente seguidos ao lateral foi comentada na newsletter "Dragões Diário".

"O FC Porto perdeu por 0-2 com a Juventus e complicou muito o futuro na Liga dos Campeões. Perante um adversário muito forte a nossa equipa teve de jogar mais de uma hora reduzida a dez unidades, depois de uma imprudência de Alex Telles, que lhe valeu o segundo amarelo, depois de um primeiro muito rigoroso. Duas faltas, dois amarelos foi um exagero, mas é verdade que a segunda foi dura", escreveu o clube.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon