Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Dubai suspende revista económica por publicação de "notícias falsas"

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/07/2017 Administrator

As autoridades do Dubai anunciaram hoje a suspensão de uma revista de assuntos económicos, durante um mês, incluindo a edição na internet, por ter publicado "informações falsas" sobre projetos imobiliários do emirato.

A revista Arabian Business foi suspensa por ter publicado notícias referentes a factos ocorridos em 2010 sobre 51 projetos imobiliários no Dubai e que, segundo os textos, enfrentavam dificuldades financeiras.

De acordo com o organismo que regula a comunicação social no emirato do Dubai a edição 'on-line' da publicação "foi bloqueada" e a versão em papel ficou suspensa durante um mês.

"A revista cometeu uma violação às regras ao publicar informações falsas e com base em fontes incorretas", indicou o organismo sem especificar.

O gabinete de imprensa do governo do Dubai frisou que as informações publicadas na Arabian Business são falsas, acrescentando que, entretanto, "já foram citadas na imprensa do Qatar".

O Dubai, a Arábia Saudita, o Bahrein e o Egito bloquearam a transmissão por cabo do sinal da televisão Al Jazeera, do Qatar, logo após o eclodir da crise diplomática com Doha, no passado dia 05 de junho.

Os quatro países cortaram relações com o Qatar impondo sanções económicas, acusando as autoridades de Doha de envolvimento e apoio aos movimentos extremistas islâmicos.

O Qatar -- que nega os apoios aos grupos terroristas - é também acusado de manter ligações com o Irão.

A revista Arabian Business, com sede no Dubai, faz parte do grupo ITP que publica as versões regionais da Cosmopolitan, Harper's Bazar e Esquire.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon