Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ecclestone esperava ter ficado mais tempo na Fórmula 1

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/03/2017 O Jogo
© EPA/VALDRIN XHEMAJ

Apesar de despedido, o britânico vai continuar a marcar presença nos Grandes Prémios, conforme garantiu em entrevista à "Sky"

Bernie Ecclestone, antigo patrão da Fórmula 1, revelou em entrevista à "Sky" que contava ter ficado mais tempo a liderar o Grande Circo, apesar da entrada da Liberty Media.

"Ter-lhes-ia dito para trabalharem comigo um bocado, esperarem um ano e depois dizerem funcionou ou não funcionou? Não funcionou? Lamentamos, mas vai ter de ir embora, ou algo do género", disse o empressário de 86 anos.

" Vamos ser absolutamente francos: eles compraram o carro, querem ser eles a guiá-lo", acrescentou ainda.

Apesar de despedido do cargo que ocupou durante 40 anos, Ecclestone adiantou que vai continuar a ser presença nos Grandes Prémios, tendo previsto pelo menos ir a metade deles.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon