Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ederson, Eliseu e Mitrogolou são 'baixas' do Benfica para 'assalto' ao Jamor

Logótipo de LusaLusa 04/04/2017 Carlos Manuel Pereira
MÁRIO CRUZ/LUSA © LUSA / MÁRIO CRUZ MÁRIO CRUZ/LUSA

Lisboa, 04 abr (Lusa) - Os futebolistas Ederson, Eliseu e Mitroglou vão falhar o jogo da segunda mão da Taça de Portugal com o Estoril-Praia, revelou hoje o treinador do Benfica, que lançou como objetivo o triunfo como forma para chegar ao Jamor.

Segundo Rui Vitória, os jogadores ressentiram-se de mazelas contraídas frente ao FC Porto (empate 1-1), no jogo da última jornada (27.ª), motivo pelo qual será feita uma rotação no 'onze' inicial.

"Além da ausência destes jogadores temos ainda outra situação. Fejsa vai estar convocado, mas ainda não está totalmente dentro das reais capacidades para o jogo. Não vai jogar de início. Amanhã [quarta-feira] vão estar os jogadores disponíveis na sua plenitude, para jogar a um nível elevado. Para dar 100 por cento", disse, em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com os 'canarinhos'.

Com os olhos postos na final da Taça de Portugal, Rui Vitória frisa que apenas o triunfo interessa aos 'encarnados' e que espera dificuldades diante de um Estoril-Praia diferente daquele que derrotou, por 2-1, no encontro da primeira mão.

"O Estoril-Praia vem cá com o sonho de chegar ao Jamor. A equipa está melhor, tem melhorado os resultados e tem uma organização diferente. Acredito que do outro lado pensem que é a última oportunidade de chegar ao Jamor. Este jogo é importantíssimo para nós e para mim é emblemático. É um ambiente muito bom de se sentir. Sei que é daqueles jogo que qualquer jogador e treinador tem de viver", adiantou.

Em relação às queixas do Sporting sobre o Benfica, que pediu castigos para vários jogadores, Rui Vitória 'chutou para canto' e diz estar mais preocupado com o jogo desta quarta-feira.

"Respeito todos os clubes em Portugal. As minhas preocupações prendem-se com o jogo com o Estoril-Praia. Quantos homens colocam na área? Como é que Diogo Amado sai para o ataque? Essas são as minhas preocupações", concluiu

Depois do triunfo, por 2-1, no jogo da primeira mão, que se realizou no Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira, o Benfica recebe esta quarta-feira o Estoril-Praia, às 20:15, em jogo da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal que será arbitrado pelo portuense Rui Costa.

CYP // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon