Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ederson motiva conversas entre Benfica e Manchester United

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/05/2017 Alcides Freire

O emblema de Manchester já encetou conversas, sabe O JOGO, para assegurar o titular da baliza do Benfica

O Manchester United está de olho em Ederson e, sabe O JOGO, já encetou contactos no sentido de apurar as condições necessárias para contratar o camisola 1 do Benfica. Bem identificado com as qualidades do jovem guardião, o conjunto comandado por José Mourinho encara-o como uma boa solução para reforçar a baliza a partir da próxima época, face à forte hipótese de saída de De Gea, alvo do Real Madrid para 2017/18 e por quem os merengues estão dispostos a pagar 75 milhões de euros [ver caixa].

Representado por Jorge Mendes, também empresário do guarda-redes espanhol e do próprio técnico português, Ederson é igualmente um dos principais alvos de Pep Guardiola para reforçar o Manchester City - descontente com o desempenho de Claudio Bravo, contratado este ano ao Barcelona, aponta ao titular das águias -, mas José Mourinho ameaça superar a concorrência do rival de Manchester, acelerando conversações com vista à mudança do titular da baliza do Benfica para Old Trafford.

© Fornecido por O jogo

citacaoCom Ederson protegido por uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros, Vieira quer ver o Benfica encaixar pelo menos 30 milhões

Ciente do interesse que o guardião, chamado até por Tite à seleção brasileira, desperta pela Europa fora, Luís Filipe Vieira acertou em janeiro a renovação do contrato do futebolista, ligado agora às águias até 2023 e protegido por uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. E uma vez que a SAD encarnada tem de pagar ao Rio Ave 50 por cento da mais-valia de uma futura transferência, como revelou no Relatório e Contas do primeiro semestre de 2016/17, Vieira já definiu que pretende ver os cofres da Luz a encaixarem pelo menos 30 milhões de euros, independentemente do que possa ser o valor total de um futuro negócio.

Dono da baliza do Benfica, estatuto que conquistou na temporada passada em Alvalade, frente ao Sporting (beneficiando da lesão de Júlio César na véspera do dérbi, agarrou o lugar e, apesar de algumas trocas operadas entre ambos por Rui Vitória no início da época, acabou mesmo por voltar a tornar-se indiscutível), o guardião de 23 anos mereceu já elogios recentemente da parte do Special One, a propósito da vitória por 1-0 sobre o Dortmund, na primeira mão dos "oitavos" da Champions, com o treinador a atribuir o mérito do triunfo ao camisola 1. "Foi um jogo difícil como todos esperavam. O Benfica foi menos dominador do que eu próprio o esperaria, mas os guarda-redes estão lá para defender e salvar a equipa quando as circunstâncias o exigem e o miúdo [Ederson] fez isso", afirmou, à SIC.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon