Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Em resposta aos EUA, Iraque assegura que membros de milícias são iraquianos

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/10/2017 Administrator

O gabinete do primeiro-ministro iraquiano emitiu hoje um comunicado em que assegura que as unidades paramilitares que apoiam o exército são exclusivamente constituídas por iraquianos, depois de os EUA terem pedido a saída das "milícias iranianas".

"Os combatentes das Hachd [al-Shaabi] são iraquianos preocupados com o seu país e que se sacrificaram para o defender e ao seu povo", afirmou o gabinete do primeiro-ministro, Haidar al-Abadi.

O texto afirma também que "ninguém tem o direito de interferir nas questões iraquianas".

No domingo, em Riade, o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, afirmou que "as milícias iranianas que estão no Iraque, agora que o combate contra o Estado islâmico chega ao fim, (...) devem voltar para casa".

As Hachd al-Shaabi são uma aliança de unidades paramilitares que agrupam mais de 60.000 combatentes, na maioria de milícias xiitas apoiadas pelo Irão.

A aliança foi formada em 2014 para ajudar as forças regulares iraquianas a combater o grupo 'jihadista' Estado Islâmico.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon